Neste 18 de julho, a hidrelétrica Ilha Solteira completa 45 anos em operação. Com capacidade instalada de 3.444 MW e 20 unidades geradoras, a usina produziu no ano passado energia para abastecer uma cidade de cerca de 4,2 milhões de habitantes. Após mais de quatro décadas contribuindo para o sistema elétrico brasileiro, a usina agora recebe o maior investimento em modernização de hidrelétricas do Brasil: R$ 3 bilhões em um projeto que contempla também a vizinha usina Jupiá.

Iniciado em março de 2017, o trabalho para modernizar as 34 unidades geradoras do complexo Jupiá-Ilha Solteira deve durar de oito a dez anos. Localizadas no Rio Paraná, na divisa dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, juntas compõem o maior complexo hidrelétrico das regiões Sudeste e Centro-Oeste do País, com capacidade total instalada de 4.995,2 MW.

Atualmente na segunda fase de execução, as obras estão gerando cerca de 250 empregos diretos na região. Cerca de 300 pessoas estão envolvidas no projeto de modernização, incluindo a participação de 10 engenheiros chineses que possuem experiência na operação de máquinas novas, combinando os conhecimentos do Brasil e da China em geração de energia limpa.

“Ilha Solteira, assim como Jupiá, é uma referência no mercado brasileiro de geração de energia. Sua modernização reforça o nosso compromisso de longo prazo com o País e a preocupação com a qualidade e a confiabilidade de nossos ativos”, afirma o Evandro Vasconcelos, vice-presidente de Geração da CTG Brasil.

A empresa adquiriu as concessões de Ilha Solteira e Jupiá em um leilão organizado pelo governo brasileiro em novembro de 2015, com uma outorga de R$ 13,8 bilhões, e iniciou a operação das usinas em julho de 2016 pelo período de 30 anos. Presente em 10 estados brasileiros, a CTG Brasil também administra mais 12 hidrelétricas e possui participação em outras três, além de participações em ativos de energia eólica.

Meio ambiente

A CTG Brasil tem a missão de gerar energia limpa para as pessoas por meio de projetos que estejam em harmonia com o planeta, por isso ações que protejam e conservem o meio ambiente são essenciais em sua atuação.

A empresa utiliza os recursos de forma sustentável e realiza diversos programas e ações com o objetivo de proteger a biodiversidade, restaurar habitats naturais, conscientizar comunidades e parceiros, conservar a fauna e flora, e melhorar a gestão dos recursos naturais.

O Programa de Manejo Pesqueiro, por exemplo, é uma dessas ações, pois contribui para a manutenção e preservação da biodiversidade da ictiofauna, a conservação dos rio e elevação do estoque pesqueiro. Em 2018, a meta é soltar 945 mil alevinos no Rio Paraná, sendo que 690 mil já foram soltos no primeiro semestre e mais 255 mil estão previsto para o restante do ano.

Outras ações, como as de educação ambiental, o monitoramento e levantamento de Ariranhas no rio Sucuruí, o Programa de Monitoramento Limnológico e Qualidade da Água, e o Programa Espaço Legal complementam os investimentos em meio ambiente.

Sustentabilidade e Investimento social

O engajamento e envolvimento com as comunidades é um dos pilares da estratégia de Sustentabilidade da CTG Brasil, que entende que ações com esse propósito podem fortalecer e transformar as localidades próximas às operações da empresa.

Por isso, a companhia realiza programas socioambientais e culturais, além de investir em apoios e patrocínios que promovem diversas ações e atrações nas regiões das usinas. Em 2017, foram investidos R$ 15,4 milhões em ações sociais que beneficiaram mais de 100 mil pessoas nas comunidades onde atua.

CTG Brasil

Criada em 2013, a CTG Brasil é parte da China Three Gorges Corporation, uma das líderes globais em energia limpa. Com investimentos em 17 usinas hidrelétricas e 11 parques eólicos, o portfólio da CTG Brasil hoje tem uma capacidade total instalada de 8,27 GW. Segunda maior geradora privada de energia do país, a CTG Brasil conta com a dedicação de seus talentos locais e está comprometida em contribuir com matriz energética brasileira, pautada pela responsabilidade social e respeito ao meio ambiente.