Depois da trágica morte do Sr. Carlos Roberto, mais conhecido na cidade como “Zotão”, morto provavelmente pelo frio no ultimo dia 13.

Vários leitores da matéria veiculada neste Jornal fizeram severas críticas à matéria escrita pelo Jornalista Clayton Alves, mas apenas criticaram e nada de concreto foi feito.

Mas alguém resolveu tomar uma atitude concreta e fazer aquilo que é dever das autoridades competentes.

O INSTITUTO GÊMEOS DO BRASIL e o Grupo do WhatsApp  OS MELHORES DO BRASIL , após a terrível  tragédia  idealizou e está divulgando uma campanha do agasalho nos municípios de Junqueirópolis , Irapuru e Dracena.

Os interessados em ajudar podem doar roupas de inverno, cobertores, colchões, tudo que possa ajudar a aquecer crianças, idosos, pessoas necessitadas e carentes que se encontram nas ruas desses municípios.

A campanha promovida pelo O INSTITUTO GÊMEOS DO BRASIL e o Grupo do WhatsApp  OS MELHORES DO BRASIL, tem por slogan varias frases como:

O frio passa… A solidariedade fica.

Se a chama que esta dentro de ti se apagar… As almas que estarão ao teu lado Morrerão de frio.

Um exemplo a ser seguido, enquanto alguns falam outros agem, Parabéns ao O INSTITUTO GÊMEOS DO BRASIL e o Grupo do WhatsApp  OS MELHORES DO BRASIL.

Locais de entrega:

– INSTITUTO  GÊMEOS DO BRASIL, Av. nove de julho ,304 – Centro – Irapuru

– Rua São Paulo N 78 no BerrocozoGrill em Junqueirópolis 8h ate 16 horas

 

Por: Clayton Alves

 

E para refletir vai ai uma Fábula do Escritor Grego Esopo:

Os Ratos resolveram organizar um conselho para decidir qual seria a melhor alternativa, para que eles pudessem saber com antecedência, quando o inimigo deles, nesse caso o Gato, estava por perto.

E Dentre as muitas ideias que foram apresentadas, uma delas, que logo foi aprovada por todos, considerava que, um sino deveria ser pendurado no pescoço do Gato.

Assim, ao escutarem o tilintar do mesmo, todos poderiam correr a tempo para seus buracos. Além de ser do agrado de todos aquele extraordinário plano, por aclamação, ficaram extasiados com tão criativa e objetiva solução.

E eis que um velho e sábio Rato ali presente, então questionou: “Meus amigos, percebo que o plano é realmente muito bom. Mas, quem dentre nós irá prender o sino no pescoço do Gato?”