Motivo é a não resposta da entidade hospitalar sobre a negociação salarial da categoria

O presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares – SETA e Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde de Três Lagoas – SINEES, João Carvalho, protocolou, na última sexta-feira, 08, uma notificação de Estado de Greve no Hospital Auxiliadora. O motivo é a não resposta da direção hospitalar sobre a negociação salarial com a categoria.

Os sindicatos protocolaram as propostas no dia 02 de abril, e até o momento não obtiveram nenhum retorno. “A categoria aguardou até agora e nada de nos chamarem para uma reunião ou sinalizar uma resposta sobre nossa pauta de reivindicação. Isso é um descaso com os trabalhadores que colocam o hospital para funcionar. Cada vez que muda o diretor do Hospital acreditamos que será melhor, mas é ao contrário. Nunca aconteceu isso. Outros administradores sempre mantiveram o respeito com o sindicato e manifestavam a intenção dentro do prazo” finalizou, João Carvalho.

Este ano o SETA propôs um piso salarial para enfermeiro de R$ 3.800,00 e para técnico R$ 2.044. “Queremos a valorização não só desses profissionais, mas de todos que trabalham lá”, concluiu Carvalho.

Após a notificação do Estado de Greve o Hospital Auxiliadora tem até 72 horas para responder. O prazo finaliza nesta segunda-feira, 11, quando acontecerá uma assembleia, na sede do Sindicato, com os trabalhadores para deliberar sobre a suspensão dos serviços até que seja apresentada uma contraproposta. A reunião acontece às 18h30.